segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

"A nossa forma de falar: Língua, património e identidade"

Temos ou não temos o direito de usar a nossa forma de falar, mesmo que ela transporte elementos regionais?
José Teixeira, Professor de Ciências da Linguagem na Universidade do Minho, esclarece-nos sobre este assunto.
Para leitura, clicar 2x AQUI:

domingo, 11 de dezembro de 2016

ESCOLA - Estudantes Portugueses acima da média da OCDE

É bom saber os estudantes portugueses sujeitos ao PISA, em 2015, deram uma boa imagem da Educação em Portugal. Estamos acima da média da OCDE. 
PARA LEITURA, CLICAR AQUI 2x

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Bilhete Postal - Avª. Central

Um olhar atento à Avenida Central permite concluir que alguém, ao longo dos últimos anos, se lembrou de fazer deste espaço público uma montra de candeeiros de iluminação pública... 14 exemplares diferentes! Terá sido esse o objetivo de quem nos presenteou com esta manta de retalhos? 
Restou algum exemplar dos antigos candeeiros da Av. Central? Os conhecedores do passado da cidade, e desta praça em particular, irão, com certeza, ajudar-nos  a desvendar esse mistério.

Enquanto Braga assim procede, outras cidades perto de nós mantêm candeeiros antigos, que adornam zonas históricas, mantendo a identidade e dignidade de cada rua e praça. 
Por que motivo, em Braga, tudo se mudou, muito se perdeu... e teve que ser assim?

domingo, 18 de setembro de 2016

Nova descarga poluente no rio Este!

Nova descarga poluente no rio Este!
Millhares de peixe morrem no seu ambiente natural! 
O vereador do Ambiente lamenta o sucedido e pede  a colaboração da população para que denuncie situações de poluição!
O local está identificado.

Bem sabemos que o cidadão pouco mais pode fazer do que lamentar, registar e denunciar estas situações (GNR Ambiente/SEPNA). 
Mas o Sr Vereador do Ambiente pode, com certeza, fazer muito mais. 

Esta descarga no rio não nos surpreende e, por isso mesmo, questionamos:
Havendo entidades  a quem compete fiscalizar a origem das descargas poluentes e impedir que sejam lançados resíduos domésticos e industriais no rio, nomeadamente através das condutas de águas pluviais, por que motivo não é estabelecido um plano de ação conjunto no sentido de identificar esses casos e resolver, definitivamente, este problema?
Ao Sr Vereador do Ambiente, como responsável no município por um plano estratégico na área do ambiente, não lhe competirá atuar junto destas entidades para que as situações irregulares sejam identificadas e definitivamente impedidas?

De uma coisa temos a certeza:  A DENÚNCIA E A MULTA NÂO RESOLVEM OS DANOS AMBIENTAIS. É preciso vontade política  e união de esforços para que os problemas sejam resolvidos.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Hotelaria em Braga

As opiniões divergem quanto ao processo que conduziu a algumas destas opções. Mas vejamos outros aspetos, mais práticos:
Quais as intervenções que vão garantir a salvaguarda do patrimônio existente, construído e cultural, garantido-o às gerações futuras?
Será que se justifica, em termos estratégicos de curto prazo, dois hotéis no Largo Carlos Amarante?
Braga estará a preparar um plano de ação, a nível cultural, que corresponda as necessidades de um público mais exigente?
Para leitura, clicar AQUI

sábado, 10 de setembro de 2016

Viaturas e bicicletas em Braga sinónimo de Perigo?

Braga dispõe de uma circular com várias faixas de rodagem, onde a pressa do condutor e a potência do automóvel define a velocidade a que cada um circula, apesar do limite ser de 50 Km/h (velocidade que nos parece elevada para vias próximas de zona habitacional e escolas).
Foi assim durante décadas pelo que várias gerações passaram a infância  e juventude aceitando que o automobilista tem direitos acrescidos e que o peão se deve sujeitar-se  a subir uma escadaria metálica imensa que o leva para uma passagem aérea superior. E, quando arrisca passar pelas poucas passadeiras marcada na rodovia... corre o risco de atropelamento grave ou mesmo mortal.
Para leitura, clicar 2x AQUI
Muitas pessoas perderam familiares que atravessavam estas passadeiras quando o semáforo assim o permitia. Um povo dócil, que não reclama o suficiente, permitiu que Braga se mantivesse igual a si própria até 2016!
Apesar de a cidade ter várias ruas planas e facilitar a circulação com bicicleta, só muito tardiamente (recentemente) se impôs o uso deste meio de transporte.
Mas nada foi feito, até agora, para tornar as estradas amigáveis e garantir a coexistência de automóveis e bicicletas no mesmo espaço. 
Sabemos que na Av António Macedo foi colocado um sistema de incentivo à redução da velocidade automóvel. Mas mantem-se escondido e tarda a ser implementado!
Entretanto, os acidentes deixam marcas profundas e/ou tiram a vida  a peões e ciclistas.
O que vai ser feito para devolver  cidade aos peões e aos ciclistas?
Quando é que Braga vai seguir um rumo semelhante a outras cidades europeias no que diz respeito a  mobilidade e acessibilidade?
Para quando a transformação de vias rápidas em alamedas, conforme vemos lá por fora?

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Rio Este nos Galos

O QUE TÊM DE COMUM ESTAS IMAGENS?
Revestimento do muro na margem do Rio Lima em Ponte de Lima
Um rio e edifícios. Porém, o efeito final é antagónico.
A superior é de Ponte de Lima, junto à ponte.
As duas inferiores são de Braga, junto ao rio Este, perto da fonte dos Galos. As casas/barraca degradadas e o tipo de vegetação (silvas, plantas invasoras, etc.), denunciam o abandono a que está sujeita esta zona que, em tempos, foi um local de referência da nossa cidade. Ainda o é nas festas de São João. 
Braga, junto ao rio Este, perto da fonte dos Galos. As casas/barraca degradadas e o tipo de vegetação (silvas, plantas invasoras, etc.), denunciam o abandono a que está sujeita esta zona que, em tempos, foi um local de referência da nossa cidade. 
No rio Este foram realizadas obras há muito necessárias, mas tarda a reabilitação dos Galos! Falhou também um aspeto essencial: garantir a vegetação ribeirinha. Árvores e arbustos característicos de zonas ribeirinhas podiam ser plantados de modo a constituir uma sebe e, facilmente, criar um painel de fundo que minimizasse o mau aspeto desta zona.
Sabemos que o Vereador do Ambiente, Altino Bessa, está envolvido no Projeto Rios e, como tal, estranhamos que nada tenha feito para resolver estes problemas.
Fica o alerta.

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Manuais Escolares


A aquisição de manuais é preocupação para muitas famílias, em especial quando a criança/jovem não é abrangida por subsídio escolar.
No ano letivo que agora inicia os manuais escolares serão gratuitos para os alunos que vão frequentar o 1º ano. Em Braga, o Município tornou público que “continuará a fornecer os livros de fichas do 1.º ano aos alunos de escalão A e B(..) e a assumir a atribuição dos manuais escolares do 2.º, 3.º e 4.º ano, a todos os alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico da rede pública e privada.”
O preço médio dos manuais escolares novos, que se encontram à venda nas livrarias, foi divulgado pela Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL):
1º ciclo: 34,7 €
5º ano: 151,5 €
6º ano: 112 €
7º ano: 258 €
8º ano: 153 €
9º ano: 156 €
10º ano: 183 €
11º ano: 194 €
12º ano: 147 €

Mas há outras soluções a que as famílias podem recorrer: a reutilização de manuais que um familiar ou amigo deixou de usar, a troca e, ainda, a compra  através de empresa digital que se dedica ao negócio de manuais usados.




quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Cinema São Geraldo

Completam-se hoje 100 anos sobre a autorização camarária para a construção do Salão Recreativo/S. Geraldo! Aquela quarta-feira de 25 de Agosto de 1916 mudou a história de Braga e permitiu que muitos milhares de pessoas ao longo de várias gerações se divertissem com a magia das artes como só os teatros nos sabem proporcionar. Não sabemos ao certo qual foi o primeiro evento, mas em 1924 havia atividade regular. No palco, que ainda hoje lá está, decorreram as mais variadas iniciativas: música e orquestras, cinema mudo, depois sonoro e a cores, teatro amador e profissional, circo e variedades, conferências - católicas mas também republicanas e da oposição -, festivais, congressos, reuniões e debates e até grandes jantares e festas empresariais.
Viveu e acompanhou as vicissitudes do Séc. XX português: o fim conturbado da 1ª República, a censura e o pensamento único do Estado Novo e a liberdade após o 25 de Abril que trouxe os filmes antes proibidos e os comícios partidários democráticos. O Salão Recreativo/S. Geraldo é desde há 100 anos a segunda casa de espetáculos de Braga. O desejo neste centenário é que se sigam mais 100 anos a encantar bracarenses!
NOTA: estará brevemente em votação no Orçamento Participativo 2017 uma proposta de Comemoração digna deste Centenário! Longa vida ao S. Geraldo!

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Braga será capaz de corresponder?


Praias, património, gastronomia e uma cultura identitária, associadas a uma melhor divulgação turística das potencialidades de Portugal,  conseguiram, finalmente, melhor os resultados no setor turístico.
Em Braga seremos capazes de estabelecer como prioridade o investimento na valorização dos recursos locais (ex. Teatro Romano, Termas das Carvalheiras,  Sala de Espetáculos S. Geraldo;  reabilitação do edificado centenário, etc.) e apostar, com rigor, em iniciativas emblemáticas associadas ao que de mais genuíno possuímos, numa linha bem definida e com base nos principais valores locais? 
Teremos capacidade e interesse político para valorizar o património (história, música erudita  popular, gastronomia, artesanato, etc.), ambiente e paisagem, uma vez que são recursos que herdamos do passado e fazem a diferença em relação a outras regiões do país?
Selecionar o melhor, realizar com rigor, calendarizar no tempo e divulgar com antecedência, é o desafio que esta nova realidade coloca  às cidades. 
Braga será capaz de corresponder?

sábado, 20 de agosto de 2016

19 ago 16


Para leitura, clicar 2x aqui: https://1.bp.blogspot.com/-NsOiZ0zGEzU/V7gWwhgm7oI/AAAAAAAAHVc/EcEvhvjanP0g28QmO8aPbLjzILlvJCQrwCLcB/s1600/dm160819_4x.jpg

Para leitura, clicar 2x aqui: https://4.bp.blogspot.com/-bZ28V0e-vH8/V7gWvXYXo5I/AAAAAAAAHVY/UB6DUhNlQTQkJjUmq0ShvBPqOSQT3GdSQCLcB/s1600/dm160819_5x.jpg

Para leitura, clicar 2x aqui: https://1.bp.blogspot.com/-Mvu1RUH8k5U/V7gWzH9Vu5I/AAAAAAAAHVg/yveLehULk50AH9zbCsgYn91JVsGjhIjtwCLcB/s1600/dm160819_6x.jpg